NOSSO SITE ESTÁ DE CARA NOVA, SINTA-SE EM CASA. 

Gestão Financeira

Gestão financeira escolar: entenda o que saber antes de começar!

A gestão financeira escolar é um tema que os gestores e proprietários de colégios, cursos de línguas, faculdades e qualquer outra instituição educacional devem se atentar, pois ela é fundamental para a perenidade do negócio. Afinal, toda empresa precisa dar lucro e não sofrer com prejuízos.

Saber planejar as finanças de uma escola contribui, assim, para o sucesso de sua instituição. A gestão financeira ainda auxilia na sustentabilidade do seu negócio, uma vez que evita problemas como falta de capital de giro, mantendo as contas em equilíbrio.

Sabendo disso, é hora de entender alguns pontos antes de iniciar seu planejamento. Por isso, neste artigo, vamos mostrar quais são as informações mais importantes que você deve saber antes de começar a gestão financeira escolar. Vamos a elas.

Como anda o mercado educacional no país e na sua região?

Para fazer uma gestão financeira eficiente, é necessário analisar o cenário interno e externo à sua escola. Busque pela quantidade de pessoas que podem ingressar em um curso superior (no caso de faculdades), ou a quantidade de pessoas que não falam inglês (para escolas de línguas). Esse tipo de informação vai ajudar a definir a demanda por seus serviços.

Qual a verba disponível?

Faça um levantamento dos valores disponíveis para a manutenção saudável do negócio, ou seja, sem impacto negativo na qualidade da educação. Avalie, também, verbas de marketing e de melhorias necessárias para sua escola.]

O levantamento do orçamento é fundamental para guiar as ações da empresa, tanto para aumento de clientes como para redução de custos. Esse é um dos passos mais importantes para poder seguir com o planejamento financeiro.

Como fazer um planejamento financeiro?

Para fazer um plano financeiro, você precisará seguir o planejamento estratégico de sua empresa, ou seja tudo que for decidido deve estar de acordo com os objetivos e metas da empresa. Por exemplo, se sua escola quer aumentar o número de alunos, precisará ter uma verba para marketing e comunicação.

Vale dizer que, dentro do planejamento, é preciso incluir ações para redução de custos e maior controle de despesas. Além disso, estratégias para diminuição da inadimplência, correta gestão do fluxo de caixa e adequação a um orçamento realista.

A gestão financeira escolar pode impactar positivamente o negócio, pois contribui para o melhor aproveitamento dos recursos financeiros e a diminuição de desperdícios, tornando a empresa mais rentável. Contudo, é preciso ter muita cautela no planejamento financeiro, pois qualquer erro pode gerar sérios prejuízos à instituição.

Nessa hora, vale investir na contratação de profissionais qualificados além de sistemas voltados a esse gerenciamento. Por isso, antes de começar seu planejamento, busque entender o seu ambiente interno, os recursos disponíveis, onde estão os maiores gastos, compreender o macroambiente, procurar profissionais que possam auxiliar em contas mais complexas e pesquisar ferramentas tecnológicas que facilitem a gestão financeira escolar, além de tornar o trabalho mais certeiro.

Você gostou deste texto sobre gestão financeira escolar? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Dessa forma, você vai receber as conteúdos exclusivos diretamente em seu e-mail.

Posts Relacionados
Gestão Financeira

5 dicas para realizar um orçamento escolar de sucesso

Gestão Financeira

Como definir o orçamento anual em escolas? Confira!

Gestão Financeira

O que é ROI, como calculá-lo e por que utilizá-lo em uma escola?

Controle e fluxo de caixaGestão Financeira

Como diminuir seus gastos em comunicação na sua escola