Gestão Contábil

Economia de papel: veja 5 dicas para reduzir esse custo nas escolas

Não é novidade que as boas práticas adotadas pelas escolas influenciam diretamente na comunidade em que a instituição está inserida. Portanto, adotar uma gestão sustentável é um passo significativo para a construção de um mundo responsável, equilibrado e a salvo da escassez de recursos. Nesse contexto, além de servir como modelo de comportamento para a sociedade, investir na economia de papel representa uma importante redução de custos para os estabelecimentos de ensino, afinal, as despesas com os materiais podem afetar diretamente sua rentabilidade e saúde financeira.

Por isso, por mais que essa tarefa pareça um desafio, é fundamental buscar formas de reduzir esse custo escolar. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura e confira 5 dicas práticas para gerar economia de papel em sua instituição de ensino.

1. Faça impressões de frente e verso

Que o número de impressões nas escolas é muito alto, todo mundo sabe, não é? Isso porque, além das diversas provas e atividades aplicadas aos alunos, ainda há a necessidade de emitir avisos, comunicados e circulares no ambiente acadêmico.

Apesar disso, uma boa forma de aproveitar ao máximo a matéria-prima e evitar gastos desnecessários é utilizar os dois lados das folhas na hora de imprimir algum conteúdo. Para isso, ajuste as configurações da impressora para que ela estampe a frente e o verso do papel e garanta uma importante redução de despesas administrativas.

2. Imprima somente o que for realmente necessário

Por mais óbvio que possa parecer, outra dica importante e eficiente é adotar a política de impressão consciente. Isso significa que você deve enviar para a impressora somente o que for realmente necessário.

Dessa forma, antes de mandar um texto ou um arquivo para a máquina, avalie se a impressão desse documento é mesmo indispensável. Além disso, sempre revise o conteúdo antes de dar o enter, já que, se a publicação contiver algum erro, você provavelmente vai precisar refazer o procedimento.

3. Adote a tecnologia como aliada

Que tal utilizar a tecnologia a seu favor? Muitos estudantes gostam de imprimir anotações e outros documentos para participar das aulas e auxiliar nos estudos. No entanto, essa é uma prática que desperdiça muito papel.

Para evitar esse tipo de ocorrência, estimule os alunos a usar recursos digitais para ler conteúdos que seriam descartados rapidamente. Por exemplo, enquanto os serviços de nuvem são eficientes para armazenar e compartilhar arquivos, ferramentas como tablets, notebooks e smartphones são ideais para ler documentos e reduzir o consumo de papel.

4. Transforme conteúdos impressos em digitais

Por falar em tecnologia, ela também pode ser empregada nos comunicados, lembretes e avisos que a escola emite aos pais, alunos e professores.

Assim, em vez de imprimir um recado para cada destinatário, uma solução prática, rápida e eficiente é transformar o conteúdo em um formato digital e enviar por e-mail, postar nas redes sociais ou compartilhar em aplicativos de mensagens instantâneas. Isso também é válido para materiais de estudo, atividades e simulações.

5. Reutilize papéis impressos quando possível

Ainda que a economia de papel seja um propósito importante, nem sempre é possível evitar as tiragens, certo? Portanto, procure reutilizar os papéis impressos sempre que for viável. Transformá-los em blocos de notas pode ser uma boa ideia, assim como enviá-los para a impressora novamente para um segundo uso também é interessante.

Como você pôde ver, praticar a economia de papel é uma medida importante para as escolas, afinal, além de representar uma despesa considerável, isso é fundamental para dispor de uma instituição de ensino sustentável e ecologicamente exemplar.

E aí, essas dicas sobre economia de papel são úteis para você? Então, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de novos conteúdos exclusivos como este.

Posts Relacionados
Gestão ContábilGestão FinanceiraNotas Fiscais

Descontinuação do sistema gratuito de emissão de notas fiscais, como fazer a partir de agora?

Gestão ContábilGestão FinanceiraNotas Fiscais

Como utilizar o sistema de emissão de notas do F10 no gerenciamento da sua escola