Como ser visto e lembrado em um mundo bombardeado de informações e notificações a todo momento? Essa questão, cada vez mais, se torna um desafio para as empresas, pois além de competir com inúmeras distrações, compete a atenção dos clientes com as outras marcas.

Uma das ferramentas que pode ser explorada, nesse caso, é o uso de vídeos animados para prospectar novos clientes e aproximar os clientes que já consomem o seu produto ou serviço.

Porque usar vídeos para prospectar clientes e não outras ferramentas?

Estudos mostram que os hábitos de consumo dos usuários estão mais inclinados a visualização de conteúdos de vídeos e fotos do que a leitura de um artigo extenso. Considerando isso, não demorou muito para que os vídeos animados se tornassem os queridinhos da internet e do marketing digital.

Os vídeos, além de estarem dentro de um formato atrativo, são capazes de provocar maior engajamento, despertar emoções e curiosidade sobre variados temas.

Em poucos minutos e de forma dinâmica, o seu possível cliente tem acesso a um grande número de informações.

Para começar a produção desses vídeos, é importante que as empresas entendam como funciona o processo de engajamento que os vídeos proporcionam e que analisem o comportamento de compra de seus clientes.

Um dado interessante sobre esse aspecto é o de que 62% das pesquisas no Google incluem a procura de conteúdo em vídeo.

Confira algumas dicas para começar a produzir vídeos animados como estratégia de marketing:

1. Conheça o seu público-alvo

Parece uma dica simples, mas conhecer bem o seu público-alvo será fundamental para produzir um conteúdo relevante e no tom certo. Esse conhecimento permite reconhecer quais as necessidades dos clientes e o que pode ser atraente para os possíveis novos clientes.

O vídeo permite inúmeras possibilidades, mas isso não significa que qualquer vídeo será o suficiente para atrair mais engajamento para a sua empresa. Traçar um perfil do seu público ajudará na decisão de se criar um roteiro com mais emoção, mais chocante, engraçado ou mais leve. São esses aspectos que fazem a diferença no produto final.

2. Capriche na produção

Um vídeo bem feito inclui várias competências. Desde o roteiro a edição, é preciso pensar em cada detalhe e executá-lo da melhor forma possível.

Muitos vídeos animados precisam de profissionais de áreas mais específicas, como designers, roteiristas, músicos, locução e outras. Considerando essas necessidades, pode ser interessante para as empresas estabelecerem parcerias com produtos especializados neste tipo de conteúdo, para deixar o mais profissional possível.

3. Elabore um bom plano de divulgação

É importante que as empresas planejem em quais canais será disponibilizado e que apostem em uma boa divulgação, não se prendendo apenas em uma plataforma. Pois, por mais incrível que o vídeo animado seja, se ele não alcançar o público desejado, não estará cumprindo o seu objetivo.

Dessa forma, é possível vincular esse conteúdo as redes sociais da marca, nos sites, em canal do Youtube ou em campanhas de e-mail marketing.

Dentro do site ou blog da marca, por exemplo, esse conteúdo pode ajudar a melhorar o tráfego para o domínio e potencializar o rankeamento nas pesquisas de busca do Google.

Por fim, onde disponibilizar?

Sabendo da importância de utilizar vídeos animados, a questão agora é: onde disponibilizar esses vídeos? Não existe uma fórmula exata. A resposta dependerá muito de seu público-alvo. Como a ideia é utilizar essa ferramenta para aproximar novos clientes, é necessária uma pesquisa para descobrir onde estão os seus possíveis consumidores.

Se a sua empresa trabalha para um público que consome conteúdo em plataformas como o Youtube, é preciso que os seus vídeos estejam lá e que consigam, de alguma forma, chamar a atenção desse grupo. Contudo, ainda que esta represente uma fatia enorme do público que consome vídeos, outras plataformas também permitem o compartilhamento.

Portanto, é importante pensar em vídeos animados que possam ser distribuídos em diferentes canais, como redes sociais e e-mail marketing, por exemplo. Claro, pensando no que será mais relevante na campanha de prospecção de novos clientes e de acordo com o seu nicho.

Aproveite todas as possibilidades que esses vídeos podem trazer para a sua marca e promova um maior engajamento, para trazer novos clientes, enriquecer seu conteúdo e ganhar mais credibilidade no mercado. Gostou dessa dica? Então acompanhe a nossa fanpage para receber novos conteúdos!